Plano de Desenvolvimento do Ecossistema de Inovação de Itajaí é apresentado à comunidade

Programa tem parceria com entidades e define prioridades, ações e estratégias para o município

O Plano de Desenvolvimento do Ecossistema de Inovação de Itajaí foi entregue e apresentado na noite de terça-feira (07) na Sede Administrativa da Multilog. O documento foi guiado pelo propósito de “impulsionar, conectar e integrar pessoas e negócios via cultura da inovação em Itajaí”. O Município marcou presença no evento por meio da Secretaria Municipal de Tecnologia (Setec), um dos principais órgãos fomentadores de tecnologia da cidade, além da Secretaria de Turismo e Eventos, Itajaí Participações e Elume Park Centro Regional de Inovação. Também participaram doevento representantes do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), instituições de ensino, entidades e empresas.

“Foram definidas no Plano as três principais vocações que serão trabalhadas no ecossistema de inovação local: logística, por meio da economia do mar; saúde e fármacos, questões fortes na nossa cidade; e a tecnologia, inerente a todo o processo de inovação. Estas áreas foram priorizadas não só por conta do desenvolvimento econômico da cidade, mas também por fatores como a presença de universidades, a produção científica e o número de empresas atuantes”, detalha Murilo Sodré, secretário municipal de Tecnologia e apoiador do projeto.

Foram executados quatro workshops com os mais de 140 atores que participam do ecossistema de inovação itajaiense (incluindo sociedade civil organizada, poder público, instituições de ensino e empresários) para construir o programa. As reuniões produziram o diagnóstico da inovação na cidade e o planejamento para desenvolver seu ecossistema, que inclui o estímulo à cultura empreendedora e o surgimento de novos negócios inovadores alinhados às demandas do mercado.

No evento, também foi apresentado ao público o Núcleo Inicial de Governança, integrado por 15 representantes do poder público, entidades empresariais e instituições de ensino. O grupo será responsável pela execução das estratégias definidas pelo Plano. Com ações planejadas e integradas, os resultados são maximizados e reduz-se o tempo de consolidação das empresas inovadoras.

“Esse planejamento nos posiciona na vanguarda da inovação na administração pública. O estudo foi feito levando em consideração todas as particularidades de Itajaí e, por isso, é extremamente aplicável. Agora, passamos para a fase de implementação dessas ações e poderemos colher os resultados de tudo isso”, destaca o secretário municipal de Turismo e Eventos e um dos apoiadores da iniciativa, Thiago Morastoni.

O relatório final do Plano de Desenvolvimento do Ecossistema de Inovação de Itajaí está disponível ao final desta matéria.